Arquivo da tag: Sergio Moro

PT Nacional pede para que seus “diretórios” façam grandes mobilizações em defesa de Lula

O Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), emitiu um comunicado a todos os Diretórios Regionais e Municipais, para que se mobilizem em defesa de Lula, que foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão pelo Juiz Sérgio Moro.

O comunicado pede também que os diretórios entre em contato com os movimentos sociais para que juntos planejem mobilizações em suas cidades em regiões.

Um dos primeiros atos foi organizado após a condenação do ex-presidente Lula, foi na cidade de São Paulo, onde trabalhadores e trabalhadoras se concentraram em frente ao MASP, na Avenida Paulista, desde as 17h.

LEIA ABAIXO O COMUNICADO

 

São Paulo, 12 de julho de 2017.

Comunicado aos Presidentes de DRs e DMs do PT:

Prezados e Prezadas Companheiros e Companheiras,

Diante da consumação da condenação do Presidente Lula pelo juiz Moro,
conclamamos a todos os Dirigentes regionais e locais do PT que imediatamente entrem em contato com os representantes dos Partidos do campo popular e com os Movimentos Sociais para que imediatamente planejem mobilizações em suas cidades e Estados.

Hoje em São Paulo já haverá uma primeira manifestação. É importante e
urgente nos mobilizarmos e vejam o local e a forma mais adequada de realizar
mobilizações, mesmo que sejam inicialmente menores, na perspectiva de um
crescimento nos próximos dias. O tom é a denúncia da injustiça da condenação sem provas e ao mesmo tempo a pressão sobre o TRF 4 para que a sentença seja revista.

Procurem por favor informar a Secretaria Nacional de Organização sobre as
iniciativas tomadas.

Nos próximos dias vamos lhes repassando novas orientações e informações.

Toda solidariedade ao Presidente Lula!

Lula inocente!

Gleisi Hoffmann
Presidenta Nacional do PT

É nesta quarta-feira (10), que Lula ficará frente a frente com o juiz Sergio Moro

A audiência desta quarta-feira (10),  colocará pela primeira vez frente a frente o juiz Sergio Moro e o ex-presidente Lula. No ringue da 13ª Vara de Justiça de Curitiba, um dos dois projetos poderá ser nocauteado: o futuro da Lava Jato e a estratégia do petista de politizar um processo jurídico a fim de pavimentar uma nova candidatura ao Planalto.

Lula terá que explicar se a aquisição do triplex no Guarujá foi um presente da OAS em troca das benesses que a empresa obteve no governo petista.

Moro divulga vídeo sobre depoimento de Lula.

Prestes a ouvir o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o juiz Sergio Moro tomou uma atitude incomum para ele: postou nas redes sociais um vídeo pedindo para que as pessoas que apoiam a Operação Lava Jato não compareçam na Justiça Federal no dia do interrogatório. Lula estará no local na próxima quarta-feira (10), às 14 horas. Assista ao vídeo:

De acordo com Moro, “tudo que se quer evitar nessa data é alguma espécie de confusão e conflito” e que alguém “se machuque”.

Desde a confirmação da vinda de Lula para Curitiba, para dar esclarecimentos no processo em que é acusado por corrupção e lavagem de dinheiro por meio da compra e reforma de um tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo, a capital paranaense vive um clima de tensão. Como manifestantes favoráveis ao petista prometeram fazer protestos na cidade durante o depoimento, a Polícia Militar montou um forte esquema de segurança para garantir que tudo ocorra dentro do previsto pela lei.

 

 

[ INCENDIOU A LAVA JATO ]. Juízes federais soltam nota defendendo o Juiz Sergio Moro.

Sérgio Moro. 

Na nota divulgada à imprensa, Ajufe diz que “não vai admitir alegações genéricas e infundadas de que as prisões decretadas nessa 14ª fase da operação ‘lava jato’ violariam direitos e garantias dos cidadãos” nem “declarações que possam colocar em dúvida a lisura, eficiência e independência dos magistrados federais brasileiros”.

Nota à imprensa em apoio ao Juiz Sergio Moro

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) vem a público manifestar total apoio ao Juiz Federal Sergio Moro, Titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, na condução do julgamento da “Operação Lava Jato”. A pedido do Ministério Público Federal e da Polícia Federal, o Magistrado decretou recentemente uma série de medidas, entre elas a prisão de executivos de grandes empresas que, segundo as investigações, estariam envolvidos em crimes de corrupção e formação de cartel.

Vale destacar que as decisões tomadas pelo Juiz Federal Sergio Moro no curso desse processo são devidamente fundamentadas em consonância com a legislação penal brasileira e o devido processo legal.

A Ajufe não vai admitir alegações genéricas e infundadas de que as prisões decretadas nessa 14ª fase da Operação Lava Jato violariam direitos e garantias dos cidadãos.

A Ajufe também não vai admitir ataques pessoais de qualquer tipo, principalmente declarações que possam colocar em dúvida a lisura, eficiência e independência dos magistrados federais brasileiros.

No exercício de suas atribuições constitucionais, o Juiz Sergio Moro tem demonstrado equilíbrio e senso de justiça. As medidas cautelares, aplicadas antes do trânsito em julgado do processo criminal, estão sendo tomadas quando presentes os pressupostos e requisitos legais. É importante ressaltar que a quase totalidade das decisões do magistrado não foram reformadas pelas instâncias superiores.

A Ajufe manifesta apoio irrestrito e confiança no trabalho desenvolvido com responsabilidade pela Justiça Federal do Paraná, a partir da investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

Antônio César Bochenek

Presidente da Ajufe