Arquivo da tag: açai

Marca exalta Joinville por ‘melhor açaí’ e post viraliza com reação de paraenses

O que era para ser propaganda acabou virando palco para defesa cultural.

Uma publicação de uma loja de açaí de Joinville, que parabenizou a cidade “das flores e do melhor açaí” pelo aniversário em 9 de março, despertou a reação de paraenses. Na maioria dos 2,6 mil comentários da postagem, eles reivindicaram para o Norte a melhor qualidade da iguaria. “Das flores pode até ser, mas do açaí forçaram uma barra. Açaí é da Amazônia e é inigualável”.

Até a manhã deste sábado, a postagem já havia sido compartilhada 2,6 mil vezes na rede social — bem acima das cerca de 120 curtidas que o negócio costuma ter em sua página.

“Hahahahahha só pode ser brincadeira né?? O açaí eh fruto da Amazônia, em especial do Estado do Pará. Joinville eh uma cidade maravilhosa com vários encantos, mas daí a falar que tem o melhor açaí não dá né?”, comentou um usuário que recebeu 2,1 mil curtidas.

“Isso é que é apropriação cultural”, apontaram outros, em tom de brincadeira.

Os donos do negócio certamente se surpreenderam com a reação viral — mas pelo menos, como apontaram alguns dos internautas, conseguiram bombar a marca nas redes.

 

Do Extra

Assentamento do Eixo Forte realizará “VI Festival do Cupuçaí” em Santarém.

festival do cupuçai

A comunidade Santa Maria, do Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Eixo Forte, no município de Santarém (PA), realizará, nos dias 5 e 6 de dezembro, o VI festival do cupuaçu e açaí, conhecido como Cupuçaí.

Com o objetivo de resgatar o interesse da população local para a valorização da cultura do cupuaçu e açaí e a importância socioeconômica que tais produtos exercem na comunidade, o festival também constitui uma alternativa de renda para os comunitários.

“O desejo é mostrar para a sociedade o que a gente tem na comunidade e o potencial das atividades agrícolas que desenvolvemos”, ressalta o presidente da associação da comunidade Santa Maria, Adailson Pereira da Mota.

Com apresentações artísticas e folclóricas – eleição da rainha do festival e carimbó -, o festival visa o público de comunidades vizinhas como, Juá, Pajuçara, São Francisco do Carapanari, Cucurunã e São Braz, além de turistas, moradores da área urbana de Santarém e de outras localidades da região de rios e planalto do município.

Neste ano, a comunidade Santa Maria conta com o apoio direto de uma organização contratada pelo Incra para o serviço de assistência técnica e extensão rural (ATER), a Consulte.

Como chegar a Santa Maria.

O acesso à comunidade se dá pela rodovia engenheiro Fernando Guilhon, ramal Maria José, que é a segunda entrada à esquerda depois da ponte do Juá, no sentido aeroporto. No local, já há uma faixa anunciando o festival Cupuçaí.

A comunidade fica a aproximadamente 12 quilômetros do centro de Santarém.

Como alternativa ao público interessado, há a linha de ônibus coletivo “Pajuçara-Santa Maria”, que realiza cinco viagens diárias até a comunidade.

Aos sábados, o último ônibus sai da comunidade às 19h30 e, no domingo, a comunidade solicitou que seja ampliado o número de itinerários, com última saída às 20h30.

(Incra)

[ DOENÇA DE CHAGAS ]. Médico que consumiu açai, morre na capital do Estado.

açai

Responsável por duas mortes em 2014 no Pará, a Doença de Chagas pode ter feito mais uma vítima no Estado. Diagnosticado com a enfermidade há cerca de dois meses, o médico obstetra Manoel Cardoso, 63 anos, morreu, na última quarta-feira (8), em um hospital particular de Belém. A suspeita é de que ele tenha consumido açaí contaminado com o parasita causador da doença.

Segundo informações repassadas pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), em 2015 já foram registrados 39 casos da enfermidade, a maioria provocada pela transmissão oral através do consumo de alimentos contaminados.

Ainda segundo a Sespa, seis municípios do Estado tiveram registros da doença neste ano. O maior número de casos ficou concentrado em Ananindeua e na capital, Belém. Em 2014, foram confirmados 137 casos da Doença de Chagas aguda em vinte municípios paraenses.

(Diário do Pará)