/Sindicato Rural de Santarém encerra a Feira Agropecuária com balanço positivo

Sindicato Rural de Santarém encerra a Feira Agropecuária com balanço positivo

Depois de cinco dias de evento, terminou ontem (5) no Parque de Exposições Governador Alacid Nunes a 41ª Feira Agropecuária e Agroindustrial do Baixo Amazonas, realizada pelo Sindicato Rural de Santarém (Sirsan) em parceria com a Prefeitura de Santarém e apoio do Governo do Estado do Pará, Banco da Amazônia, Banco do Brasil, Sicredi, Cargill e Campo Rico Fertilizantes.

Com um público de mais de 150 mil pessoas e uma movimentação financeira de aproximadamente 50 milhões, a diretoria e comissões avaliaram o balanço desse ano de 2018 como bastante positivo.

A feira contou com 30 expositores dos segmentos de equipamentos agrícolas, veículos, educação, comércio e serviços e alimentação. Durante a abertura a diretoria do Sindicato Rural de Santarém, juntamente com as Comissões de Agricultura, Pecuária e Eventos homenageou pessoas que foram destaque em seus segmentos de atuação no meio rural e também nas atividades prestadas juntos a entidade.

Walbert Bernardes foi escolhido como o Pecuarista do Ano de 2018. Já Sérgio Schwade como o Agricultor do Ano de 2018. Na ocasião também foram homenageados o Sr. Ivair Chaves, João Clóvis, Fernando Albert, Metri Nicolau e Nelson Mota pelo apoio dado ao Sirsan. Cerca de 500 pessoas participaram da cerimônia.

Durante os cinco dias de evento várias palestras foram realizadas e temas como: irrigação, cruzamento industrial em bovinos, tecnologia intacta e biossegurança na avicultura foram alguns dos assuntos abordados. Esse ano a parte de shows do evento foi terceirizada para a empresa Paulinho Produções que optou por atrações locais e regionais.

Além do público geral formado principalmente por famílias, várias escolas e entidades educativas e sociais trouxeram estudantes para a Feira. Universitários da Unama e da Ufopa estiveram diretamente envolvidos nas ações.

Na sexta-feira (3) a Comissão de Pecuária do Sirsan promoveu no Tatersal Chico Chaves, o 7º Leilão Pérolas do Tapajós que reuniu pecuaristas de toda a região Oeste do Pará. Ao todo foram ofertados mais de 20 lotes, de touros, fêmeas e equinos P.O.

O animal mais caro, foi um touro arrematado por R$ 27.840. No balanço geral essa edição arrecadou R$ 201.680,00. A Seara, entidade social que atua junto a crianças na cidade, foi a instituição beneficiada pelos ingressos vendidos no leilão.

No sábado, o shopping de animais reuniu fazendas e criadores, que tiveram a oportunidade de vender e comprar bovinos, bubalinos, equinos, caprinos, ovinos e aves. No final do dia foi a vez dos cães da cidade participarem de desfiles, orientações e sorteios de prêmios em uma iniciativa que reuniu clínicas e lojas do segmento veterinário. A ação que teve como proposta de inscrição um quilo de ração arrecadou vários produtos que serão doados para as Ongs de Animais Lar do Amor e União Animal. Ainda na mesma data empreendedores participantes da feira promoveram em conjunto com as comissões do Sirsan, um jantar comemorativo com cinco costelões.

Já no domingo, cerca de 1.500 pessoas participaram do Festival do Chopp e Porco no Rolete. O almoço que começou por volta do meio dia, durou até o final da tarde e foi um dos maiores já realizados pelo Sirsan nesse âmbito. A 41ª edição da Feira Agropecuária encerrou com as provas equestres, do tambor na arena montada na parte debaixo do parque de exposições. Nesta segunda-feira, os vencedores do Torneio Leiteiro foram premiados na sede do Sirsan.

 

 

Dannie Oliveira
Sindicato Rural de Santarém (Sirsan)

Compartilhar