/Público lota Casa da Cultura para prestigiar Concerto “Vivaldíssimo”

Público lota Casa da Cultura para prestigiar Concerto “Vivaldíssimo”

O auditório da Casa da Cultura esteve com 300 pessoas na plateia, durante o final de semana. O público foi prestigiar o Concerto “Vivaldíssimo” da Orquestra Filarmônica de Santarém (OFS), na noite de sábado (30). O evento foi realizado pela Filarmônica Municipal Professor José Agostinho,  com o apoio da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc).

No repertório, músicas instrumentais 100% eruditas. “O concerto apresentou a musicalidade do italiano Antonio Lucio Vivaldi, que foi um grande compositor, músico, maestro e violinista. Ele criou centenas de obras, tornou-se conhecido por seus concertos em estilo barroco, tornando-se um inovador muito influente na forma e padrão. Também tornou-se conhecido pelas óperas, incluindo Argippo e Bajazet. A performance foi executada com esplendor, da Orquestra, 40 integrantes e 03 convidados”, informou o maestro titular, Rafael Brito.

CONVIDADOS

–  violonista da cidade de João Pessoa, do estado da Paraíba, Rucker Bezerra;

–  violinista concertino da Orquestra Filarmônica de Santarém, Eika Katayana;

– flautista da Filarmônica Municipal Professor José Agostinho, Luan Machado;

A estudante Martha Silva de 16 anos parabenizou os organizadores do evento. “É de arrepiar, impossível deixar de aplaudir, eu aplaudi a todos de pé, instrumentistas nota mil, os responsáveis estão de parabéns”.

Para o paraibano, Rucker Bezerra, pela segunda vez na Pérola do Tapajós, os músicos da Orquestra Filarmônica de Santarém estão cada vez melhores. “Estive ano passado junto aos músicos por conta do Projeto Música na Estrada, e constatei a evolução deles, nada a desejar as apresentações de músicos de outros estados do Brasil”, disse.

Rucker Bezerra, professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Graduado pela UFPB (1991), Mestre (2002) e Doutor (2014) pela Unicamp – SP, foi spalla da Orquestra Sinfônica da AMUSA-PB e spalla da Orquestra Filarmonia-RJ. Foi solista de várias orquestras no Brasil atuando com regentes como Eleazar de Carvalho, Elena Herrera, Carlos Veiga, Per Brevig, Paolo Bellomia, dentre outros. Apresentou recitais em todo Brasil, nos Estados Unidos e Europa. É membro fundador do Quinteto Uirapuru. Vencedor do prêmio Tim, categoria música instrumental com o CD Sivuca & Quinteto Uirapuru.

Da Redação – Agência Santarém