/OUÇA: Justiça autoriza divulgação de conversas telefônicas do Vereador Reginaldo Campos

OUÇA: Justiça autoriza divulgação de conversas telefônicas do Vereador Reginaldo Campos

Vereador Reginaldo Campos

Atendendo um pedido feito pelo delegado de Polícia Civil, José Kleidson de Castro, nos autos do processo de número 0002422.32.2017.8.14.0051, solicitando a autorização judicial para a divulgação de trechos de áudios interceptados pela polícia durante a Operação Perfuga, o juiz Rômulo Nogueira Brito, autorizou tornar público os grampos telefônicos envolvendo alguns dos investigados na operação.

O alvo central dessa investigação é o vereador Reginaldo Campos (PSC), que encontra-se preso por ordem da Justiça. 

Na sua decisão em autorizar a divulgação de parte das gravações, o juiz considerou que “o poder exercido pelos agentes políticos é de titularidade do povo, o qual tem direito de conhecer os autos vinculados aos ofícios públicos, levando ao cabo o princípio constitucional da publicidade, o qual deve ser o cerne dos atos públicos. No caso em que comento, averíguo que manter sigilo sob informações, que versem sobre informações de interesse público, seria retirar do povo um direito fundamental, indo além, digo que seria aforar uma regressão de direitos. Assim sendo, defiro o requerido, para autorizar a divulgação de trechos de áudios interceptados, mencionados nos autos circunstanciados”, decidiu o juiz.

Ouça alguns trechos das conversas que envolvem principalmente o vereador Reginaldo Campos e os servidores Samuel Fernandes, assessor parlamentar, e Andrew Oliveira da Silva, funcionário do RH, além do sogro do vereador, Mário Francisco Fialho Cabral.

Em um dos diálogo é possível entender que o VEREADOR REGINALDO apropria-se do valor integral do salário de seus assessores.  

A partir de agora, você confere os áudios na íntegra destes trechos autorizados pela Justiça.

Do Blog Quarto Poder