/Ministro diz que livros serão mudados para resgatar visão do regime militar

Ministro diz que livros serão mudados para resgatar visão do regime militar

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, disse em entrevista ao jornal Valor, nesta quarta-feira (3), que o conteúdo dos livros didáticos do país terá mudanças em relação ao inicio do regime militar de 1964

Os materiais serão mudados progressivamente para que “as crianças possam ter a ideia verídica e real” do que foi a história, referindo-se à maneira como o ato militar de 1964. Vélez discorda que tenha havido golpe em 31 de março de 1964 e que o regime que o sucedeu foi uma ditadura.

Ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez. Foto: Agência Senado

Vélez afirmou que os acontecimentos do dia 31 de março de 1964 foram uma “decisão soberana da sociedade brasileira” e que quem colocou o presidente Castelo Branco no poder “não foram os quarteis”, mas a votação no Congresso, “uma instância constitucional”.

Segundo Vélez, os livros didáticos passarão por mudanças progressivas para “resgatar uma versão da história mais ampla”.

Compartilhar