/Ministério assina ordem de serviço para a ‘revitalização’ da área retroportuária de Belém

Ministério assina ordem de serviço para a ‘revitalização’ da área retroportuária de Belém

A elaboração dos projetos básico e executivo do Porto Futuro, em Belém (PA), já pode começar. O Ministério da Integração Nacional assinou a ordem de serviço autorizando esse trabalho, que vai permitir o início das obras de revitalização da área retroportuária da capital paraense. Os serviços autorizados deverão ser concluídos em até doze meses.

Com o Porto Futuro, Belém vai ganhar um novo polo de desenvolvimento, por meio da recuperação da infraestrutura no local, atração de investimentos e oferta de serviços de lazer e cultura. As atividades turísticas também ganharão um novo impulso. O Ministério vai investir R$ 31,5 milhões para a construção de um parque urbano, zonas de estacionamento e outras obras periféricas, como a revitalização da Praça General Magalhães e a construção da Praça Futuro.

As obras devem começar no mês de abril. Com arquitetura inovadora, o espaço contará com grades para proteger o local em períodos de chuvas. O objetivo é promover a integração do Porto Futuro com a cidade e estimular a geração de emprego e renda na região, como já foi feito, por exemplo, no Rio de Janeiro, em Boston (Estados Unidos) e em Barcelona (Espanha).

Compartilhar