/Linhão de Tucuruí para Parintins no Amazonas, custará mais de R$ 1 bilhão

Linhão de Tucuruí para Parintins no Amazonas, custará mais de R$ 1 bilhão

O investimento do Governo Federal para integrar Parintins ao Sistema Interligado Nacional (SIN), por meio da linha de transmissão de Tucuruí, no Pará, é orçado em R$ 1, 126 bilhão, com prazo de 60 meses de execução da obra, com estimativa de geração de cerca de 2 mil empregos. O ‘Linhão de Tucuruí’ contemplará ainda Humaitá, no Amazonas, além dos municípios de Óbidos, Oriximiná e Juruti, no Pará.

O Empreendimento

A Linha de Transmissão Oriximiná – Juruti – Parintins tem 221 km de extensão e interligará a subestação de Oriximiná, no Pará, à subestação de Parintins, no Amazonas.

A concessão do lote 16 foi adquirida por meio do Leilão de Transmissão nº 004/2018, realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), e está sob a responsabilidade da Parintins Amazonas Transmissora de Energia S.A (PATE). 

Compartilhar