/Fernando Haddad vai a cela de Lula pedir orientações para o 2º turno

Fernando Haddad vai a cela de Lula pedir orientações para o 2º turno

Em primeiro ato de campanha para o 2º turno, Fernando Haddad (PT), visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão, em Curitiba (PR), na manhã desta segunda-feira (8). Além de homenagear o padrinho político, o ex-prefeito de São Paulo deve começar a traçar a estratégia dessa nova parte da corrida eleitoral.

Na apuração de ontem, de acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o petista ficou em segundo com 29,3% dos votos, contra Jair Bolsonaro (PSL) com 46,1%.

De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo de hoje, também estará com o petista, o secretário de finanças do partido, Emídio de Souza. Os dois são da equipe de advogados de Lula e podem se encontrar com ele a qualquer momento durante esta semana.

Setores do PT defendem que Lula delegue de vez a campanha ao presidenciável, para que ele busque os acordos necessários para o segundo turno.

Um dos dirigentes do partido afirmou à coluna do jornal Folha de S.Paulo que a prioridade agora é criar uma “zona de conforto” para que pessoas que rejeitam Bolsonaro, mas ao mesmo tempo são críticas ao PT, apoiem Haddad, num movimento suprapartidário e da sociedade civil “pela democracia”. Na avaliação da legenda, uma vitória sobre o capitão reformado é “muito difícil”, mas não impossível.

 

Yahoo Notícias

Compartilhar