/CRISE: Prefeito de Belém corta salário dos funcionários pela metade

CRISE: Prefeito de Belém corta salário dos funcionários pela metade

Prefeito de Belém Zenaldo Coutinho

Mais de 8 mil funcionários que trabalham na Prefeitura de Belém receberam o salário, nesta terça-feira (31), cortado pela metade. Os servidores públicos receberam o valor proporcional de tempo integral a 15 dias deste mês. A partir do próximo mês os trabalhadores não receberão mais o benefício.

A informação do corte dos salários foi confirmada pela Coordenadoria de Comunicação Social (Comus), no dia 19 de outubro.

“O decreto trata de medidas de contenção de despesas e não de corte de gratificações e, na forma do Decreto, está assegurado o pagamento da gratificação por regime especial de trabalho (tempo integral) proporcional a 15 dias do mês de outubro. No período de 16.10 a 31.12 a gratificação por regime especial de trabalho (tempo integral) está suspensa”, explicava a nota enviada pela assessoria do prefeito Zenaldo Coutinho.

Além do corte do tempo integral, os funcionários que estiverem de férias nos meses de novembro e dezembro também não receberão o abono, ficando a critério do empregado o seu gozo temporário “sem direito a receber o abono referente a tais”.

 

Do DOL