CRIME: Prefeitura de Santarém demite professores que trabalhavam com “diplomas falsos”

Após tomar conhecimento de que alguns servidores (professores) da Secretaria Municipal de Educação (Semed) estavam trabalhando no órgão de educação com diplomas falsificados, o prefeito Nélio Aguiar mandou apurar a denúncia e foi constatado que nove professores apresentaram diplomas falsos quando foram se cadastrar no órgão. Imediatamente o Prefeito mandou que a titular da Secretaria Municipal de Educação, Marluce Pinho, tomasse as providências cabíveis.

NOTA: Prefeitura esclarece sobre denúncia de diplomas falsos

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), esclarece que, após receber denúncias de que havia no quadro de Umei’s e Emei’s da rede municipal indícios de professores com diplomas falsos, acionou o setor de Recursos Humanos (RH) para que levantasse a documentação de todos os servidores. Ao final do levantamento, foi detectado que os diplomas de Magistério de nove professoras tinham indício de falsificação. A Semed enviou ofício à instituição que, em tese, teria emitido os diplomas, perguntando sobre:

1) Veracidade dos documentos;

2) Período em que foi cursado;

3) Histórico escolar

A Semed obteve como resposta que os documentos não tinham sido expedidos pela instituição. Em consequência disso, os nove servidores foram exonerados. O setor jurídico da Semed informa que o caso será encaminhado aos órgãos competentes para a devida apuração.

 

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santarém

RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *