Arquivo da categoria: POLICIA

Preso os policias envolvidos na operação que resultou na morte de 10 pessoas em Pau D’Arco

Treze policiais militares e dois policiais civis envolvidos na chacina de Pau D’Arco, no sudeste paraense, que resultou na morte de dez trabalhadores rurais, foram presos nesta segunda-feira (10), seis dias após a reconstituição realizada pela Polícia Federal.

As prisões ocorreram em Belém e no município de Redenção, no sudeste paraense, após decreto do juiz Haroldo Silva da Fonseca, e foram realizadas por equipes da Polícia Federal e da Corregedoria da Polícia Militar do Pará. 

Segundo a Polícia Civil, as prisões são temporárias de 30 dias, podendo ser renovadas por mais 30, dependendo da Justiça.

Veja a lista com os nomes dos presos:

Carlos Kened Gonaçalves de Souza – coronel da PM;

Rômulo Neves de Azevedo – tenente da PM;

Cristiano Fernando da Silva – cabo da PM;

Rodrigo Matias de Souza – soldado da PM;

Advone Vitorino da Silva – 2º sargento da PM;

Jonatas Pereira de Silva – soldado da PM;

Neuily Sousa da Silva – soldado da PM;

Welington da Silva Lira – soldado da PM;

Orlando Cunha de Sousa – 3º sargento da PM;

Ronaldo Silva Lima – sargento da PM;

Ricardo Moreira da Costa Dutra – cabo da PM;

Douglas Eduardo da Silva Luz – escrivão da PC;

Euclides da Silva Lima Júnior- investigador da PC.

Os policiais foram encaminhados para o Centro de Recuperação Especial Cel. Anastácio das Neves (Crecan), em Santa Izabel, Região Metropolitana de Belém.

 

Do Dol.

Patrulhamentos da Policia Rodoviária Federal serão reduzidos em todo o estado Pará

Na manhã desta quarta-feira (05), a Polícia Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou a suspensão imediata de diversos serviços e a redução do patrulhamento nas rodovias a partir desta quinta-feira (6).

Com a medida, algumas ações de patrulhamento serão reduzidas, inclusive nas rodovias federais no Pará.

Com limites para aquisição de combustível, manutenção e diárias, a corporação diz que adotará as medidas para adequação à “nova realidade orçamentária”, diante do contingenciamento imposto pelo governo federal.

A tendência é de que os agentes sigam as determinações nacionais, que preveem as seguintes mudanças:

– Suspensão dos serviços de escolta de cargas superdimensionadas e escoltas em rodovias federais;

– Desativação de unidades operacionais;

– Suspensão imediata das atividades aéreas (policiamento e resgate aéreo);

– Redução imediata dos deslocamentos terrestres de viaturas em patrulhamento;

– Alteração do horário de funcionamento das unidades administrativas, com priorização de atendimento ao público entre 9h e 13h.

Prioridades

A PRF informou que priorizará o atendimento de acidentes com vítimas, enfrentamento a ilícitos e operações que sejam de exclusiva competência da corporação.

Com o auxílio do Ministério da Justiça, a corporação diz que já discute com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão uma “célere recomposição do orçamento”, para que a prestação de serviços seja normalizada.

Do DOL 

Delegada revela como ocorria o estupro de 2 crianças com a participação de um médico

Médico sendo levado para fazer exame de corpo delito.

Alvaro Cardoso Magalhães, Odete Friss (paraguaia) e Darliane Silva dos Santos, presos na manhã desta segunda-feira (3), dentro da operação “Anjo da Guarda”, desencadeada pelas polícias Civil e Militar, em Santarém

De acordo com a delegada, as investigações começaram há cerca de um mês, logo que a polícia recebeu a informação de que o médico estava aliciando crianças do sexo feminino, por meio de algumas mulheres.

“O médico pedia para que uma das mulheres estimulasse o órgão genital das crianças. Esse material foi flagrado no celular de Darliane. Também tivemos acesso a conversas trocadas entre a mãe da criança de três meses e o médico, que comprovam a prática delituosa”, declarou Adrienne Pessoa.

Delegada Adrienne Pessoa na coletiva.

A criança que Darliane estimulava os genitais e filmava para que o médico visse era uma menina de 2 anos e 8 meses. Os pais desconheciam o fato, uma vez que a criança era deixada aos cuidados de Darliane. Eles foram ouvidos em depoimento pela delegada do caso.

Materiais como netbook, tablet, celular dentre outros eletrônicos que armazenam mídias, foram apreendidos na casa do médico.

Na coletiva, a delegada disse que Odete, mãe da bebê de 3 meses, mantinha relação com o médico. “Em depoimento, a Odete revelou que numa oportunidade o médico ejaculou no rosto da criança e no seio dela para que a criança mamasse. A materialidade está comprovada”, disse.

Em conversas que estavam armazenadas no celular, havia uma em que o médico sugeria que da próxima vez se encontrariam os cinco, que a delegada entendeu que seriam ela, o médico, a Darliane e as duas crianças.

Mais gente será investigada e ainda podem acontecer outras prisões, segundo informou a delegada Adrianne Pessoa.

A criança de três meses está sob os cuidados da avó e a de 2 anos e 8 meses está com os pais. Caberá à justiça determinar qual o destino da criança de três meses.

Enquadramento

De acordo com a delegada Adrienne Pessoa, o médico Álvaro Cardoso Magalhães será enquadrado no Art. 217, “a”, do CPB (Estupro de Vulnerável), Art. 240, “a” e 241, “b”, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei 8.069, que tratam de crime de Pedofilia.

O indiciamento das mulheres também será pelos crimes de Pedofilia e estupro de vulnerável.

Reportagem do G1/Santarém. 

Médico é preso acusado de estupro de vulnerável em Santarém

Álvaro Cardoso Magalhães.

O médico Álvaro Cardoso Magalhães foi preso na operação, acusado de estupro de vulnerável e pedofilia. Junto com o médico foram presas duas mulheres que davam cobertura ao suposto crime praticado. A operação policial contou com o apoio do NAI (Núcleo de Apoio a Investigação), da Polícia Civil, que tem como titular o delegado Silvio Birro.

A vítima seria uma criança do sexo feminino, de apenas três meses de vida. Os três suspeitos estão recolhidos em celas da Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), na Unidade do Pro Paz, localizada na Av. Sérgio Henn, bairro Interventoria. 

A prisão do médico Álvaro Magalhães e das duas mulheres foi decretada pelo Juiz Alexandre Rizi, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Santarém, com base em farta prova material, como fotos, vídeos e mensagens de aplicativos.

 

Do RG 15/O Impacto

Mulher é agredida em Santarém depois de denunciar vizinhos que queimaram lixo na rua

Juliana grava o momento que foi ameaçada  

 A moradora do bairro do Aeroporto Velho, Juliana Fonteles, divulgou em seu perfil no Facebook um vídeo denunciando a postura de alguns moradores do bairro que insistem em queimar lixo na rua, sendo que, queimam o lixo sem se preocupar para onde a fumaça vai.

Apesar de Santarém possuir a colete diária de lixo, a prática de queimar lixo é rotina nos bairros periféricos da cidade.

VEJA  ABAIXO O PRIMEIRO VÍDEO DIVULGADO POR JULIANA. 

A Lei de Crimes Ambientais, nº 9.605 de 1998, em seu artigo 54, descreve o crime de poluição, que consiste no ato de causar poluição, de qualquer forma, que coloque em risco a saúde humana ou segurança dos animais ou destrua a flora. Um exemplo clássico desse tipo de crime é a queimada de lixo doméstico, que emite poluição na forma de fumaça, causa risco de incêndio para as habitações locais, destrói a vegetação e pode causar a morte de animais que ocupem as redondezas.

Juliana Fonteles foi agredida por vizinhos. 

O objetivo da norma é proteger o manter o meio ambiente sadio  e equilibrado, bem como evitar riscos para a vida humana, dos animais ou plantas. A pena prevista é de até quatro anos de reclusão.

VEJA  ABAIXO O SEGUNDO VÍDEO DIVULGADO POR JULIANA. 

Apesar de Juliana não ter mostrado o rosto da vizinha, alguns parentes e filhos da mesma  partiram para agredir a jovem, que foi ameaçada na porta de sua casa, de acordo com as imagens.

VEJA  ABAIXO O  TERCEIRO VÍDEO DIVULGADO POR JULIANA.

Juliana foi na Delegacia de Polícia Civil é teve o registro do BO negado, pois alegaram que só podem registrar esse tipo de situação durante o dia. A noite somente os flagrantes, um absurdo !!!

Até o exame de “corpo de delito” foi negado, pois alegaram que somente pela parte do dia se pode fazer esse tipo de procedimento no IML de Santarém. 

Santarém como sempre é terra sem lei – Uma vergonha !!!!

 

Operadora VIVO dando “golpe do seguro de celular”

Tenha muito cuidado quando for aceitar que uma seguradora contrata pela VIVO ligue para você pedindo autorização para colocar um “seguro contra furto e roubo” na sua conta do celular. Eles oferecem “o céu e as estrelas” para você. Prometem mais que politico brasileiro, alegando muito benefícios – É TUDO É MENTIRA.

Quando você procura a seguradora para comunicar que teve o celular roubado, eles colocam a maior dificuldade para acionar o seguro,para que você receba outro celular. E o pior, quando você quer cancelar a cobrança do seguro, você entra numa “via crucis” ligando para uns 5 números diferentes, onde alguns vivem ocupados 24 horas por dia ou não existem.

VÁRIOS CLIENTES DA “VIVO” EM SANTARÉM ESTÃO SENDO PREJUDICADOS. 

UMA SUGESTÃO : Não aceite nenhum tipo de seguro da VIVO. 

 

 

 

Polícia Federal faz buscas e apreensões em Santarém

Na manhã deste sábado (13), a Polícia Federal deflagrou a Operação Khoka, com o objetivo de coibir tráfico internacional de entorpecentes. No total, foram cumpridos 8 mandados.

Três deles eram de prisões e o restante de busca e apreensão em estabelecimentos comerciais.

O caso vem sendo investigado há quase um ano. Os suspeitos podem ter envolvimento com o envio de drogas para cidades do sudoeste paraense, como Uruará e Rurópolis e mesmo em outros estados, como Amapá.

Nas buscas, foram encontradas armas e cerca de 150 gramas de drogas. Os nomes dos envolvidos ainda não foram informados.

Do Diário do Pará. 

 

Banco da Amazônia é alvo de assaltantes em Placas

O Basa em Placas já foi alvo de assaltantes

A agência do Banco da Amazônia no município de Placas, região do Baixo Amazonas, foi alvo de assaltantes, nesta quarta-feira (10). Durante a ação criminosa o gerente da unidade e a sua esposa foram feitos reféns para que os cofres fossem abertos.

Em nota, o Banco da Amazônia confirmou que houve o assalto e que uma equipe já foi deslocada para prestar atendimento aos servidores da agência e aos familiares do gerente da unidade.

O banco disse ainda que o gerente e a esposa já foram libertados e que colabora com as autoridades policiais. Ainda não há informações sobre a quantia roubada pelos suspeitos.

Do Diário do Pará.

Vereador Silvio Neto diz que “Guarda Municipal armada” é inconstitucional.

Vereador Silvio Neto é contra a Guarda armada. 

Na manhã desta quarta-feira, 26/04, durante a sessão ordinária o vereador Silvio Neto (PTB), tratou do projeto de emenda à lei 19.997, da Guarda Municipal, que propõe armamento ao futuro efetivo de segurança do município. O parlamentar informou que o projeto está sendo devolvido ao vereador Delegado Jardel Guimarães (PTN), autor da emenda.

Vereador Jardel luta pela Guarda armada. 

O parecer de Silvio explica que a guarda municipal armada é inconstitucional, porque alteraria o Artigo 29 da Lei Orgânica do Município. O vereador prosseguiu orientando que essa sugestão deveria ser do Poder Executivo para o Legislativo, e com isso esperaria que o Delegado Jardel reavaliasse a proposta de emenda que inclui o armamento.

Esse parecer foi da Comissão do Direitos Humanos.

O petebista ainda ressaltou que o Governo Estadual deveria investir mais no policiamento local, ofertando estrutura e constantes capacitações aos policiais, pois a implantação de um sistema como a guarda municipal deverá gerar maior despesa ao município com capacitações dos servidores e aquisição de material, neste caso, seria inviável, segundo ele, que o Estado investisse mais nos policiamentos Civil e Militar que atuam na região.

Ascom/Cãmara

ASSALTANTE FOI BALEADO PELA POLICIA MILITAR NA ORLA DE SANTARÉM

Durante uma perseguição policial na tarde desta terça-feira (25) na Avenida Tapajós, próximo do cruzamento com a Travessa 15 de novembro, em Santarém, no oeste do Pará, dois jovens foram baleados. Eles trocaram tiros com policiais militares.

De acordo com a polícia, a dupla iria assaltar uma pessoa no centro comercial do município quando militares que passavam pelo local perceberam a ação e deram início à perseguição. Um dos suspeitos disparou contra os policiais, que revidaram. Um projétil atravessou o corpo do menor de 17 anos e atingiu de raspão o jovem de 18 anos. A dupla caiu e foi capturada pelos policiais.

Os dois foram colocados em uma viatura do Grupamento Tático Operacional e levaos ao Pronto Socorro Municipal para atendimento médico.

Há poucos minutos, um terceiro jovem, de 22 anos de idade, foi preso pela Rocam de Motopatrulhamento e GTO, suspeito de fornecer armas e motos para os assaltantes.

G1-Santarém 

Mãe esfaqueia menino de 3 anos e diz: “Foi para educar ele”.

Uma mulher, que não teve o nome revelado, foi presa após esfaquear o filho, de 3 anos. O caso aconteceu na casa da família, em Itaquaquecetuba, região metropolitana de São Paulo.

A Polícia Militar foi acionada pelos médicos do Hospital Santa Marcelina da mesma cidade assim que a criança deu entrada no centro de saúde.

Segundo os policiais, em contato com a mãe da criança, uma auxiliar de limpeza de 27 anos, ela teria confessado a agressão, mas não soube explicar o motivo pelo qual fez isso. Os policiais contaram que ela disse apenas que sua intenção era educar o filho. Eles deram voz de prisão para a mulher e a encaminharam para a delegacia. “O menino teria desobedecido a mãe. E ela em um acesso de fúria teria golpeado a criança com uma faca. Ela falou que não sabe o que a levou a agir daquela maneira. Ela se enfureceu e que isso não justifica, mas que ela assumia o que fez e estava arrependida e que foi tomada de raiva extrema pela desobediência. Ela disse ainda que ele obedece todo mundo, menos a ela.

Os policiais impediram o linchamento da acusada no hospital. Encaminhada para a delegacia, a mãe confessou o crime e disse que tinha intenção de educar o filho.

O menino foi atingido nos glúteos e na perna e não apresenta risco de morte.

A mãe foi encaminhada na manhã desta terça-feira (18) para a cadeia pública de Poá.