Boto Cor de Rosa emite nota de repúdio em protesto ao resultado ilegal que deu vitória ao Tucuxi

NOTA DE REPÚDIO 

A associação Boto cor de Rosa, vem, por meio desta nota, manifestar seu total repúdio ao ato arbitrário e ilegal ocorrido na apuração do Festival do Çairé 2017. 

Nossa indignação se justifica pelo desrespeito ao Artigo 7, parágrafo segundo do Regulamento do Festival do Çairé que dispõe forma clara o critério a ser seguido na apuração dos votos, que tem o seguinte texto: “a menor nota aplicada pelos 03 jurados de cada item será descartada. Em caso de coincidência nas notas, mesmo assim será descartada uma.” 

O critério de apuração decisivo, que tem como respaldo o Regulamento atual do festival não foi respeitado, uma vez que as 3 notas foram computadas no resultado final. O ato falho foi impugnado verbalmente imediatamente após o anúncio do resultado, porém não foi feita recontagem , tornando o resultado ilegal. 

Cobramos da coordenação do festival, responsável pela apuração, uma nova contagem justa e pautada no que reza o regulamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *