/Bolsonaro rebate críticas sobre Trabalho Infantil

Bolsonaro rebate críticas sobre Trabalho Infantil

Durante transmissão ao vivo semanal no Facebook, nesta quinta-feira (4), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que não foi “prejudicado em nada” por ter começado a trabalhar durante a infância.

A declaração repercutiu rapidamente nas redações da imprensa brasileira. “Bolsonaro defende o trabalho infantil” era a frase que estampou algumas manchetes, inclusive o jornal O Globo.

Um dia depois, através de outra rede social — desta vez o Twitter, o chefe do Executivo disse que está sendo atacado pela esquerda “por defender que nossos filhos sejam educados para desenvolver a cultura do trabalho desde cedo”.

Em referência às pautas defendidas pelos partidos de esquerda brasileiros, Bolsonaro acrescentou que Se eu estivesse defendendo sexualização e uso de drogas, estariam me idolatrando”. “Essa é a verdade!”, completou.

<

Após ser questionado por jornalistas, durante participação na solenidade de comemoração do 196º Aniversário de criação do Batalhão do Imperador e o 59º de sua Transferência para a Capital Federal, em Brasília, Bolsonaro falou mais sobre o assunto:

“Não estou defendendo trabalho infantil, muito menos escravo. Mas me fez muito bem trabalhar. Me transformou fisicamente muito bem. Depois fui ser pentatleta das Forças Armadas.”

Segundo o portal Terra, o presidente da República acrescentou:

“Eu disse na própria live que não defenderia. Que não enviaria um projeto neste sentido. Mas eu trabalhei desde oito anos de idade quebrando milho, plantando milho com matraca, colhendo banana próximo aos dez anos de idade e estudava. E hoje eu sou o que sou. Isso não é demagogia, é a verdade.”

Fonte: Renova Mídia

Compartilhar