/Banda e Orquestra Filarmônica de Santarém emocionam público no Theatro da Paz, em Belém

Banda e Orquestra Filarmônica de Santarém emocionam público no Theatro da Paz, em Belém

A participação inédita da Orquestra Filarmônica de Santarém e a Banda Filarmônica Municipal Professor José Agostinho no XXXI Festival Internacional de Música do Pará (Fimupa) realizado pelo Governo do Pará por meio da Fundação Carlos Gomes (FCG) emocionou a plateia que esteve presente no domingo (10) no Theatro da Paz, em Belém (PA). A performance dos dois grupos musicais teve apoio institucional da Prefeitura de Santarém através da Secretaria Municipal de Cultura (Semc).

Os dois grupos apresentaram-se com a regência do titular Rafael Brito e contaram com o desempenho de Almicar Gomes, do venezuelano Valmore Nieves, de regentes convidados, além da cantora e compositora santarena, Maria Lídia. E ainda, a Filarmônica Municipal, teve as participações das interpretes Márcia Alliverti, natural de Belém, com a música “Habanera da Opera Carmem“, do compositor Francês de Opeta e Priscila Castro, natural de Santarém com a música “Calundum da Mbóia“, da cantora e compositora Maria Lidia.

No repertório apresentado pela Orquestra Filarmônica estavam: Rondo da Suite Abdalezer, de Purcell; Concerto RV 121 (3 movimentos), de Vivaldi; Habanera da Opera Carmem, de Bizet; Uirapuru, de Waldemar Henrique; Lenda do Boto e Feira Santarena, de Wilson Fonseca. E no repertório da Filarmônica Municipal: Canção da Minha Saudade, de Wilson Fonseca; Dança da Mata, de Beto Paixão; Mamãe Oxum, José de Ribamar Coelho Santos; Garota do Tacacá, Pinduca; Farinhada, Edilberto Ferreira e Luiz Alberto; Calundum da Mboía, de Maria Lidia; Rainha do Lago Verde, José Rodrigues e Adson Wender; No meio do Pitiu, Dona Onete; Curió do Bico Doce, Gonzaga Blantez; Fogo do Sairé, Maria Lidia e Cheiro do Sairé, Ligia Mônica.

Compartilhar