APROXIMADAMENTE 10 MIL PESSOAS PARTICIPARAM NO XII FESTIVAL DO TACACÁ

“A recepção foi uma das melhores, exemplar  a hospitalidade dos comunitários de São Braz e encantou a nossa família que pela primeira vez esteve no evento com destaque a arte cultural de raíz e a excelente culinária,” falou a professora aposentada Deise dos Santos.

A fala da professora aposentada era sobre o XII Festival do Tacacá da Comunidade de São Braz, localizada no Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Eixo Forte, município de Santarém. O evento foi realizado no final de semana, no sábado (08) e domingo (09), organizado pelo Conselho Comunitário de São Braz, com o apoio da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Assistência Técnica e Extensão Rural- Consulte/Ater, São Braz Esporte Clube e entre outros. “Na programação atrações culturais da comunidade e da área urbana da cidade, no cardápio variante da culinária interiorana, o destaque o tacacá. Aproximadamente 10 mil pessoas estiveram distribuídas nos dois dias de atividade”, explicou o presidente do Conselho e organizador do Festival, Rildo Queiroz.

O Secretário Municipal de Cultura, Luis Alberto Figueira, esteve no evento e partilhou do brilhantismo do Festival. “A cultura não tem fronteira e nesta diretriz, o governo municipal apoiou os comunitários de São Braz e estamos aqui presente e confirmamos a positividade deste Festival, a cultura de raiz, com as manifestações desde o religioso ao folclórico, o quanto é valorizada pelos comunitários das comunidades adjacentes e pelos visitantes. A cada ano, a parceria dos moradores, das Instituições governamentais e privadas só têm a somar a cada edição”.

O vereador Emir Aguiar destacou o intercâmbio promovido pelo Festival entre as pessoas. “Todos estão de parabéns pelo esforço e empenho pela realização de mais uma edição do evento, que agrada principalmente aos visitantes a sentirem-se a vontade. E destaco o intercâmbio também promovido pelo evento, entre os comunitários e com a sociedade em geral”, disse.

A comunitária, Delcivane Rocha faz parte da equipe de atendimento do Festival, participa desde o primeiro, e disse que várias etapas são realizadas até a execução dos dias festivos. “Tudo é planejado a cada detalhe, o qual depende do empenho de cada participante, apoiador e parceiro, desde a estrutura da barraca de venda, na retirada da palha, na estruturação das barracas, os ingredientes para as comidas típicas (produção da comunidade) e programação religiosa e cultural. É garra, é trabalho, no entanto o resultado nos deixa feliz, ao ver  o quanto contribuímos ao  fortalecimento da nossa cultura”, disse emocionada a integrante do Festival.

Estiveram presentes na cerimônia de abertura do XII Festival do Tacacá, o Superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra/Oeste do Pará), Rogério Zardo, o representante da Assistência Técnica e Extensão Rural- Consulte/Ater, Roberto Sardinha e o presidente da Federação de Assentamento do Eixo Forte, Sebastião Pereira.

O acesso a Comunidade de São Braz, localizada na Rodovia Everaldo Martins, a 08 km da área urbana de Santarém.

 

Prefeitura de Santarém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *