/Governo brasileiro decide rejeitar ajuda do G7 para a Amazônia

Governo brasileiro decide rejeitar ajuda do G7 para a Amazônia

O Palácio do Planalto informou na noite desta segunda-feira, 26, que rejeitará ajuda de US$ 20 milhões, equivalente a R$ 83 milhões, prometidos pelo G-7, o grupo de países mais ricos do mundo, para auxiliar no combate a incêndios na Amazônia.

O anúncio da oferta de dinheiro foi do presidente francês, Emmanuel Macron, com quem Bolsonaro vem trocando farpas desde a semana passada.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ministros têm dito que não há anormalidade nas queimadas e que países europeus tentam fragilizar a soberania do Brasil sobre a floresta.

No final da tarde desta segunda, Bolsonaro se reuniu com ministros para discutir o assunto. Logo depois, o chanceler Ernesto Araújo, que estava no encontro, publicou no Twitter que o governo poderia não aceitar os recursos do G7 e disse que a ação era um “pretexto para introduzir mecanismos de controle externo da Amazônia”. 

Compartilhar